Yamandu Costa apresenta música ‘Serelepe’, inspirada pelos ‘pulos alegres’ dos filhos do violonista

Como muitos brasileiros, Yamandu Costa se viu confinado em casa com os filhos, a partir de março de 2020, para se proteger da covid-19. A intensa convivência do compositor e violonista gaúcho com os filhos gerou a música Serelepe, apresentada em single na terça-feira, 4 de maio.

Yamandu Costa explica as intenções de Serelepe: “Esta música foi feita com inspiração nas travessuras dos meus filhos durante a pandemia de 2020-21. No momento que ficamos isolados em casa, nos restou manter a calma e conceber para poder seguir levando a vida com positividade. Os meus filhos, ainda pequeninos. ficaram por meses saltitando nos dois sofás da sala. Era uma diversão sem encerramento, que parecia tirá-los da verdade. Olhando para aqueles pulos alegres, comecei a pensar num tema festivo e infantil que nos remetesse a algumas vertentes da cultura latino-americana.

Essa formação Serelepe poderia vir de diferentes países do nosso continente: México Argentina ou Venezuela… Serelepe deixa no ar uma melodia ingênua que quer nos trazer de volta para a lúdica infância. Viva a música!”, saúda Yamandu ao apresentar a música tocada pelo artista ao violão, em casa, em registro audiovisual que gerou single – primeiro exemplar da Yamandu Costa single’s series, prevista para ser expandida ao longo deste ano de 2021 – e vídeo já em rotação nos canais do violonista.