Rússia multa Apple em US$ 12,1 milhões por 'doesto de posição dominante'

Empresa foi punida por dar preferência a seus aplicativos para dispositivos eletrônicos. Obreiro do iPhone diz que discorda da decisão. A Rússia anunciou uma multa de US$ 12,1 milhões contra a Apple por “doesto” de posição dominante no mercado ao dar preferência a seus aplicativos para dispositivos eletrônicos, anunciou a filial reguladora do setor nesta terça-feira (27).
Procon-SP multa Apple por vender iPhones sem carregador
Tudo sobre o novo iOS 14.5, que irritou o Facebook
“Detectamos que a Apple abusou de sua posição dominante na distribuição de aplicativos móveis no sistema operacional iOS”, afirmou a filial federal antimonopólio da Rússia em um enviado.
A filial anunciou a multa de mais de 900 milhões de rublos (US$ 12,1 milhões) ao determinar em prol de uma denúncia apresentada pela empresa de segurança virtual Kaspersky Lab.
França anuncia multa recorde à Apple por práticas contra livre concorrência
Senadores dos EUA questionam Apple e Google sobre domínio em lojas de aplicativos
A Apple, que pretende recorrer contra a decisão, afirmou à filial de notícias Ria Novosti que “respeita” o regulador russo, mas “não concorda” com a multa.
No início do mês entrou em vigor uma lei que exige que celulares, tablets e computadores vendidos na Rússia tenham programas e aplicativos nacionais pré-instalados.