Tradição é mantida desde o século XII. Por lei, todos os cisnes do país pertencem à rainha. Contagem dura cinco dias e é atualmente usada para ajudar na preservação da espécie.

A contagem anual dos cisnes que pertencem à rainha Elizabeth II começou nesta terça-feira (20) na Inglaterra.

O evento, com duração de cinco dias, data do século XII e começou como um ritual para garantir que haveria cisnes suficientes para banquetes.

Atualmente, porém, ele está relacionado à conservação: os dados do recenseamento são usados para conferir o desenvolvimento da população das aves.

Por lei, a monarquia britânica tradicionalmente clama a propriedade sobre todos os Cisnes Mudos em águas abertas, uma espécie de cisnes com bico cor de laranja.

Uma equipe de dedicados contadores oficiais é encarregada de encontrar os cisnes em um trecho específico do rio Tâmisa.