'Projeto inocência': jovem passa dois anos recluso por crimes que não cometeu

Imagine ser sentenciado – e recluso – por uma violação que não cometeu? O pedreiro Robert passou por isso. Ele foi vítima de falhas na investigação, um problema grave e recorrente no Brasil. ‘Projeto inocência’: jovem passa dois anos recluso por crimes que não cometeu
Um jovem pedreiro dedicado ao trabalho e à família, que estava começando a curtir a paternidade teve seu plano de vida interrompido bruscamente por um erro da Justiça. Vítima de falhas na investigação – um problema grave e recorrente no Brasil -, Robert foi sentenciado por dois crimes que não cometeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.