Posteriormente pedido do MP, Justiça determina que profissionais da saúde que serão vacinados contra Covid declarem trabalho na área


A Justiça determinou, nesta quarta-feira (7), que os profissionais de saúde que ainda não foram vacinados contra a Covid-19 em Itu (SP) terão que provar que realmente trabalham na área. A ordem atende a um pedido do Ministério Público.
De conciliação com o promotor Amaury Arfelli, profissionais que não atuavam no serviço de saúde foram vacinados na cidade, uma vez que nutricionistas, psicólogos, fonoaudiólogos e enfermeiros, que tinham registros nas categorias, mas não exerciam a profissão.
A Justiça ainda determinou uma multa de R$ 1 mil para cada vacinação irregular. Em nota, a Prefeitura de Itu disse que a vacinação de todas as pessoas do município seguiu rigorosamente os critérios definidos pelo projecto de saúde do estado de São Paulo.

Profissionais que foram vacinados contra Covid terão que provar que trabalham na área
O Executivo também informou que não houve vacinação sem comprovação de vínculo ativo, conforme a nota técnica 03, editada pelo estado de São Paulo no dia 31 de janeiro deste ano.
O órgão vai pedir a reconsideração da decisão, uma vez que não houve irregularidade no emprego das vacinas e que nenhum pagamento será realizado, porque não há comprovação de irregularidade no emprego das doses.

A aplicação das vacinas em profissionais da saúde começou em janeiro deste ano. A expectativa era vacinar 3.500 pessoas deste grupo, mas, no dia 27 do mesmo mês, a prefeitura divulgou que os profissionais que ainda não haviam tomado a vacina deveriam ir até uma Unidade Básica de Saúde (UBS), devendo apresentar um documento de registro profissional e, se possível, a carteira de vacinação.
Em Itu, 23.503 pessoas já foram vacinadas até o momento, sendo que 17.750 receberam a primeira dose. A segunda dose já foi aplicada em 5.753 moradores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.