Equipes da Polícia Civil prenderam na quarta-feira (28) três homens e apreenderam um jovem suspeitos de envolvimento no desaparecimento e homicídio de José Alex Oliveira da Silva, de 23 anos, em São Luís do Quitunde, no interior de Alagoas. Posteriormente confissão de um dos presos, os policiais encontraram o corpo da vítima enterrado em uma cova rasa na cidade.

José Alex, conhecido como “Nem”, desapareceu no dia 18 de abril sem deixar pistas. A família, logo, informou aos policiais do Centro Integrado de Segurança Pública do município e registrou um boletim de ocorrência. Logo em seguida, as buscas e as investigações foram iniciadas.

De concordância com a polícia, os suspeitos estavam com a vítima em um encontro de amigos e ficaram alcoolizados, quando começaram uma discussão por um motivo não informado. Um deles matou José Alex com uma facada no peito e os outros três ajudaram a enterrar o cadáver.

Ainda segundo a polícia, o corpo foi localizado na rua Sete de Setembro, no centro da cidade. Os institutos de Criminalística (IC) e Médico Legal (IML) foram acionados ao lugar. Equipes do Corpo de Bombeiros também auxiliaram na retirada do cadáver. Parentes da vítima já reconheceram o corpo.

A prisão dos suspeitos foi realizada por policiais do 93º Distrito Policial de São Luís do Quitunde e do 94º Distrito de Passo de Camaragibe, sob coordenação do procurador Belmiro Cavalcante.

Os presos foram levados para a delegacia de São Luís, onde vão responder pelos crimes de homicídio, ocultação de cadáver e associação criminosa.