Órgão americano investiga Facebook por suspeita antitruste

o Comitê Judiciário da Câmara dos Estados Unidos está investigando o Facebook  pelo que o órgão regulador chama de ‘postura anticompetitiva’ no mundo digital. Em resumo, práticas antitruste voltadas ao setor tecnológico.

Fatores, como ‘desfavorecimento’ da concorrência, violações de privacidade e uso indevido de dados, compõem a acusação contra a rede social.

Recentemente, o comitê divulgou a resposta da gigante da tecnologia sobre o caso. 

A companhia, liderada por Mark Zuckerberg, reconheceu o bloqueio de alguns aplicativos de terceiros de sua plataforma de desenvolvedor. Ao ser questionada sobre mais informações relativas à retirada de plataformas, como, Phhhoto, MessageMe, Voxer e Stackla, a mídia social afirmou que “restringirá aqueles que violarem suas políticas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.