Em Sorocaba operações contra aglomerações autuam 245 veículos e abordam 31 pessoas

O  último encerramento de semana teve um saldo de 245 veículos autuados e 31 pessoas abordadas pela Guarda Civil Municipal (GCM) e pela Polícia Militar (PM), durante operações realizadas em três diferentes pontos de Sorocaba (SP) para coibir pancadões e aglomerações em locais públicos.

Ao todo, 21 veículos foram recolhidos e as pessoas abordadas receberam orientações sobre a urgência de prevenção contra a Covid-19.

Entre a noite de sexta-feira (23) e a madrugada desta segunda-feira (26), a GCM realizou 22 ações. No total, foram 10 operações integradas. Também houve o atendimento a quatro averiguações de denúncias de aglomerações e de cinco casos de perturbação do sossego.

Uma ação de abordagem social ocorreu na região central, onde 18 pessoas foram encaminhadas para acolhimento no Serviço de Obras Sociais (SOS).

GCM e PM ainda deram suporte aos agentes de fiscalização de posturas da prefeitura, que, a partir de denúncias, vistoriaram 10 estabelecimentos comerciais em diferentes pontos da cidade, dos quais oito apresentaram irregularidade e tiveram que encerrar suas atividades.

Somente na noite de domingo (25), durante a última operação contra pancadões ocorrida no encerramento de semana, 91 veículos foram autuados.

As equipes se reuniram na sede do 7º Batalhão da Polícia Militar do Interior (7º BPMI) às 16h e se deslocaram até os bairros Parque Paineiras (Av. Olinda Aires Paulete), Parque Vitória Régia (Parque Amadeo Franciulli) e Vila Helena (Praça João Naruyuki Sugui), onde GCM e PM costumam identificar concentração de pessoas, sobretudo nos fins de semana. Sete motocicletas e um veículo acabaram guinchados, devido a irregularidades.

Durante o plantão noturno da GCM no domingo e na madrugada desta segunda, 39 ocorrências foram atendidas pela corporação e ainda houve patrulhamentos preventivos em próprios municipais, como parques e unidades de saúde e de ensino.

Em caso de constatação ou suspeita de qualquer tipo de irregularidade, a GCM orienta que a população acione o telefone 153 a fim de fornecer informações que colaborem com o trabalho das autoridades. Outro telefone para contato é o 190, da PM.