Ney Matogrosso fica nu com a música de Caetano Veloso no primeiro EP da carreira

Ney Matogrosso se prepara para lançar o primeiro EP aos 51 anos de carreira fonográfica iniciada com a gravação em 1970 de duas músicas para a trilha sonora do filme Pra quem fica, tchau (Brasil, 1971).

O EP chega ao mercado fonográfico em 1º de agosto, dia do 80º aniversário do cantor, com quatro faixas do álbum Nu com a minha música, previsto para ser lançado até o encerramento deste ano de 2021.

De concordância com o jornalista Julio Maria, responsável do vindouro livro Ney Matogrosso – A biografia, o EP apresenta a música-título do álbum – Nu com a minha música (1981), elaboração lançada há 40 anos na voz do responsável Caetano Veloso – ao lado de Estranha toada (Martins e PC Silva, 2019), Noturno (Vitor Ramil, 2000) e Se não for amor, eu cegue (Lenine e Lula Queiroga, 2011).

No álbum Nu com a minha música, Ney Matogrosso dá voz a 12 músicas lançadas entre 1969 e 2020 por intérpretes de diversos estilos e gerações.