Dois mineiros procurados pela Interpol e foragidos da Justiça Mineira foram extraditados de Portugal nesta quinta-feira (1º) pela Polícia Federal.

A prisão aconteceu no dia 12 de janeiro e foi feita pela polícia portuguesa na cidade de Albufeira, na Região de Algarve.

Os presos, de 23 e 29 anos, são naturais de Governador Valadares, na Região do Vale do Rio Doce, e tinham contra eles mandado de prisão em aberto – um deles sentenciado por tráfico de drogas, o outro por roubo qualificado pelo emprego de arma de fogo contra sucursal dos Correios.

Em nota, a Polícia Federal disse que eles foram presos em cumprimento a mandado de busca internacional da Interpol, difusão vermelha.

“As difusões vermelhas foram publicadas por solicitação da representação da Interpol em Minas Gerais e decretadas pela Comarca de Governador Valadares – a do primeiro pelo Juízo da Vara de Execuções Penais e publicada em novembro de 2020 e a do segundo pela 2ª Vara Criminal e difundida em março de 2020”, informou a nota.

Depois de passarem por revista de corpo de delito, os presos serão conduzidos ao Centro de Remanejamento Provisório (Ceresp) do bairro Gameleira, Região Oeste de BH, onde ficarão à disposição da Justiça.