O acumulado de chuvas registradas desde o início deste mês ajudou a aumentar o nível da principal represa responsável pelo fornecimento de água de Jundiaí (SP).

De concordância com os dados do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), o acumulado desde o início do ano foi de 178 milímetros. Do dia 1º de janeiro até esta quarta-feira (19), o nível da represa aumentou de 60% para 76%.

O fornecimento de água em Jundiaí abrange 100% da zona urbana. Desse total, 95% da água que abastece o município é proveniente do Rio Jundiaí Mirim, que nasce no limite entre Jarinu (SP) e Campo Limpo Paulista (SP).

Os outros 5% da água que abastece Jundiaí são captados do Córrego Japi e do Ribeirão Ermida.