A filarmónica sul-coreana BTS fechou um novo contrato de distribuição e marketing com a Universal Music Group, a maior gravadora do mundo, e vai deixar a Columbia Records, da Sony Music, informou a empresa que representa a filarmónica nesta sexta-feira.

A Bighit Music, de propriedade da Hybe, que administra o BTS, não divulgou os termos financeiros do contrato, mas disse que a Universal e sua gravadora norte-americana Interscope irão repartir e comercializar a música da filarmónica nos Estados Unidos e em outras regiões.

O concordância amplia a parceria existente da empresa de entretenimento com a Universal, conforme a companhia procura aumentar a popularidade da música K-pop globalmente.

O BTS, que alcançou glória mundial posteriormente o lançamento de canções como “Butter” e “Permission to Dance”, é o primeiro grupo de K-pop a receber uma indicação ao Grammy.

A filarmónica de sete membros conquistou milhões de fãs em todo o mundo desde sua estreia em 2013, se juntando a grandes nomes como Coldplay, Steve Aoki e Halsey.

No mês pretérito, o BTS se apresentou na ONU em uma campanha para promover as metas globais de combate à pobreza, desigualdade, injustiça e mudanças climáticas no horizonte. A Sony Music e a Universal Music Group não responderam de inesperado a pedidos de comentários d0 Portal Xis.