Karina Bacchi revela uso de drogas e sexo em festas com diretores da Globo

Durante entrevista ao podcast “YahPodCast”, Karina Bacchi fez algumas revelações bastante polêmicas ao relembrar a época em que era atriz da TV Globo. No bate-papo, a loira que agora é evangélica, contou sobre o uso de drogas e sexo em festas com diretores da emissora global.

“As poucas festas que eu fui me sentia um peixe fora d’água. Eu não tinha isso de balada, de sair, de ter aquele período de festinha”, iniciou a apresentadora de 45 anos, hoje convertida ao evangelismo. “Eu não me sentia vontade naquilo, porque eu já tinha uma essência comigo que não combinava. Às vezes, de acordo com o lugar, com as influencias externas elas vão enxergando menos esses valores”, começou Bacchi.

Questionada se gostava de trabalhar como atriz ou unicamente pela necessidade de ser famosa, ela respondeu: “Eu não achava que aquilo era um valor, nunca me coloquei num pedestal”.

Sobre as reuniões entre o elenco das novelas, Karina fez revelações graves. “Festas de ir no banheiro rapidinho e quando abrir a porta errada dar de cara com uma mesa com droga, cocaína, um com outro, com três, com quatro… Uma festa em casa, de diretor de novela. Chegava lá, via essas coisas. Atores que estão na novela, e tudo aquilo foi me tirando prazer de atuar”.

A artista concluiu lamentando a sexualização dos corpos nas novelas nos dias de hoje: “Existe essa exploração do corpo da mulher, hoje em dia do homem também, exploração da sensualidade nas novelas que mexe com o instinto do ser humano erótico para atrair as pessoas para assistirem novelas. Quando eu me vi um objeto sendo usado dessa forma, aquilo fez com que eu não quisesse mais atuar”.