Influencer que fez campanha para pagar cirurgia de emergência se recupera na residência depois de procedimento

A influencer de jogos digitais de Sorocaba (SP) que conseguiu arrecadar o valor necessário para uma cirurgia de emergência depois de uma vaquinha nas redes sociais já realizou o procedimento e se recupera em sua residência.
Brenda Olivieri, de 28 anos, contou ao Portal Web Rádio Xis que estava com bastante temor antes de entrar na sala de cirurgia. “Percebi que todos estavam ansiosos, porque era uma situação muito grave. Segundo o médico, foi uma das cirurgias mais difíceis que ele já tinha feito.”

A jovem realizou o procedimento para a retirada das pedras do rim e da bexiga no último sábado (22), no Hospital Evangélico de Sorocaba. Todas as pedras que estavam impactadas foram removidas e o cateter que estava calcificado também foi retirado. No lugar foi posto outro cateter, que ficará no corpo de Brenda por 15 dias.

A influencer conta que agora está em recuperação na residência dos pais na cidade e que os dias estão sendo difíceis. “Preciso principalmente de cuidado com a alimentação e ingerir muita água. Não vejo a hora de poder voltar à minha vida normal, minha vida cotidiana, com muito mais alegria, mais fé e segurança.”

Brenda tem compartilhado nas redes sociais todo o processo, desde a arrecadação da vaquinha até a recuperação. Ela diz que está recebendo muitas mensagens de carinho e torcida para a melhora. “Estou recebendo muitas mensagens e não estou conseguindo responder todas. É surreal esse suporte que estão dando para mim”, comenta.
“Usem esse problema que eu tive para cuidarem de vocês, para cuidarem da saúde de vocês. Embora neste momento eu esteja com bastante dor, eu estou muito feliz, porque eu sei que agora é passageiro de verdade.”

Cálculos renais
O problema começou em dezembro de 2020, enquanto Brenda estava participando de um evento do Google para jogadores profissionais online chamado Play On Challenge.
A influencer se sentiu indisposta, com quadros de febre e quase desmaiou. No dia anterior ao campeonato, ela foi levada a um hospital em São Paulo (SP) e fez alguns exames que constataram os cálculos renais.
Em seguida, os médicos informaram que a gamer precisaria de tratamentos, mas que não havia vaga de internação no hospital por conta da pandemia.
“A equipe chegou para mim e disse: ‘Brenda, a gente não pode te internar, não temos leito por culpa da Covid’. Logo, me davam remédios para dor e eu voltava todos os dias ao hospital”, lembra.
Influencer no hospital com muitas dores por causa de pedra impactada no rim

Sem tratamento em São Paulo, a jovem foi levada pela irmã para Sorocaba, onde a família dela mora. Na cidade, Brenda foi internada às pressas na Santa Casa, onde a infecção e a febre foram tratadas.

Por falta de equipamentos para fazer a retirada a pedra, no dia 13 de dezembro, foi posto um cateter duplo J para garantir o fluxo da urina entre o rim e a bexiga da jovem. Segundo Brenda, os médicos informaram que ela poderia permanecer 90 dias com o cateter e que, neste tempo, faria o tratamento em residência.

Cinco meses depois, a influencer voltou a ter más notícias. No dia 12 de maio, Brenda descobriu que o cateter havia calcificado e que uma pedra havia se formado na ponta dele, agravando a situação.
“Os médicos me disseram: ‘não sei como você está vivendo. Vamos te internar’. Eu tenho muita dor, muita urgência urinária e é extremamente desconfortável”, comenta a jovem.