Google enfrenta novo processo por práticas anticompetitivas nos EUA

Procuradores estaduais dos Estados Unidos entraram com um novo processo contra o Google nesta quarta-feira (7) por práticas consideradas anticompetitivas.

A ação foi movida em um tribunal da Califórnia, mas o teor das acusações não estava imediatamente disponível. Segundo o jornal “Politico”, as novas acusações são relacionadas a violações das leis antitruste na loja de aplicativo do sistema Android, a Play Store.

O novo processo é mais um dentro de uma série ações de autoridades governamentais contra a gigante da tecnologia. Procuradores já haviam denunciado a empresa por monopólio irregular em mecanismos de buscas no final de 2020.

Aliás, também existem acusações de manipulação do mercado de publicidade e uso de poder de mercado para impedir a concorrência.

Trump x Google
Nesta quarta, o Google também enfrentou acusações do ex-presidente Donald Trump. O republicano anunciou uma ação grandes empresas de tecnologia, incluindo também Facebook e Twitter, alegando que houve censura nas decisões de restringir a atuação de Trump nas plataformas.