Golpe de sextorsão ataca sites e fatura R$ 440 mil

Um novo golpe de sextorsão mira em famosas plataformas de gestão e edição de blogs para atrair vítimas. Segundo informação divulgada pelo site Bleeping Computer na última segunda-feira (28), golpistas têm invadido endereços do WordPress e Blogger para criar posts informando que o computador do blogueiro foi hackeado e que o usuário foi gravado assistindo a filmes pornô, como é de costume nesses tipos de golpes. O esquema fraudulento já rendeu mais de US$ 110 mil dólares (cerca de R$ 440 mil, em conversão direta) aos criminosos.

Assim como em golpes de sextorsão veiculados por e-mail, os golpistas exigem o pagamento de um resgate em bitcoin para não divulgar os supostos vídeos íntimos da vítima na Internet. A diferença é que, neste caso, a invasão da conta do blog torna as ameaças muito mais convincentes. Isso porque a publicação do post comprova que alguém, de fato, obteve acesso à plataforma. A vítima, então, é induzida a pensar que o seu computador foi igualmente hackeado.

Embora ainda não se saiba como os criminosos têm conseguido obter acesso à conta dos usuários, acredita-se que a invasão ocorra a partir de ataques de credential stuffing, técnica que consiste no uso de credenciais roubadas em serviços diferentes daqueles em que elas foram obtidas.

Segundo dados do site Bleeping Computer, mais de 1.500 contas no Blogger foram hackeadas. No WordPress, por sua vez, foram cerca de 200 invasões. A partir dos três endereços de carteiras de bitcoin informados nas postagens, o portal especializado apurou que os golpistas faturaram mais de US$ 110 (cerca de R$ 440 mil, em conversão direta) com o esquema.

Como neste golpe a invasão das contas é feita a partir de credenciais obtidas por meio de vazamentos, é importante que o usuário use senhas exclusivas para cada site. Para reforçar a proteção contra a ação de hackers, recomenda-se também criar códigos fortes, com mais de nove caracteres e combinações de letras, números e caracteres especiais.

Outra dica válida para evitar cair em golpes de sextorsão é garantir que o computador ou celular esteja sempre com o antivírus atualizado, o que diminui as chances de hackers acessarem a webcam remotamente. Vale, ainda, manter a câmera desligada ou coberta quando não estiver em uso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.