Elon Musk deixa de ser 2º homem mais rico do mundo com queda das ações da Tesla

O empresário Elon Musk, CEO da Tesla e da Space X, deixou de ser o segundo homem mais rico do mundo nesta segunda-feira (17), depois de as ações da Tesla terem registrado queda superior a 2%.
Com isso, o empresário hoje ocupa a terceira posição do ranking de bilionários da Bloomberg.

No segundo lugar, agora está Bernard Arnault, atual presidente e diretor executivo da holding LVMH, dona das marcas Louis Vuitton e Dior.

Musk, que chegou a ocupar o primeiro lugar no Índice de Bilionários da Bloomberg em janeiro, agora acumula fortuna de US$ 160,6 bilhões — 24% inferior à registrada na época.

Musk vive período turbulento
Na semana passada, o empresário fez o bitcoin despencar até 15%, depois de postar uma declaração no Twitter anunciando que a Tesla não estava mais aceitando a moeda eletrônica como forma de pagamento.

Também gerou especulações do mercado sobre a provável venda de bitcoins ou de suas participações com a moeda eletrônica.

Para solucionar a incerteza, ele postou nesta segunda (17) uma nova mensagem no Twitter negando qualquer transação em bitcoin.