Céu Sagrado de Sorocaba abre amanhã(24) a decoração natalina

Começa amanhã(24/11), às 19h, a 15ª edição do Natal Iluminado do Céu Sagrado de Sorocaba com espetáculo de luzes, música, magia e encantamento. O tema deste ano é o “Era uma vez… Outra vez”, um conto de fadas de Natal. São 4,5 milhões de luzes, numa área de 20 mil metros quadrados. O local foi aberto ontem para a imprensa. O presidente do Centro Espiritual Céu Sagrado, Luciano Dini, informa que esta é a maior iluminação de Natal particular do mundo e recebe público de todo o Brasil.

Dini calcula que o público pode superar a edição do ano passado. A abertura ao público neste domingo vai ser às 19h com participação da Orquestra Filarmônica Jazz Sesi Senai Sorocaba, sob a regência do maestro Vitor Camassa. Cerca de 80 músicos irão se apresentar com repertório de músicas clássicas, contemporâneas e populares.

Nos demais dias, a programação estará aberta das 20h às 22h, fechando apenas em 24 e 31 de dezembro ou nas noites de chuva. Além do show de luzes, o público vai se animar com as decorações inspiradas em histórias infantis e vai cruzar com personagens fantasiados de Branca de Neve e os Sete Anões, a Bela Adormecida, fadas e duendes.

A casa do Papal Noel se abre em forma de livro. Um lago com 240 árvores de Natal fixadas na água vai causar impacto adicional. A carruagem da Branca de Neve e um presépio, com estrutura em forma de luzes, são espetáculos à parte para todos os gostos de crianças e adultos.

A entrada é aberta ao público mediante a doação de um quilo de alimento não perecível por pessoa, sendo que crianças com idade até 12 anos não precisam fazer as doações. O endereço é rua Paulo Varchavtchik, 1805, com acesso pela avenida Três de Março, no Alto da Boa Vista. O evento faz parte do roteiro turístico das programações natalinas de Sorocaba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.