Britânico cai em golpe e compra falso NFT de Banksy por R$ 1,7 milhão

Um colecionador inglês comprou uma imagem eletrônica atribuída falsamente ao artista Banksy por 244 mil libras, por volta de R$ 1,7 milhão, com uso de NFT, tecnologia que funciona como um selo eletrônica de propriedade.

A equipe de Banksy disse ao site da BBC que “nenhum leilão de NFT de Banksy tem qualquer relação com o artista, de nenhuma maneira” e que o artista nunca registrou nenhum NFT.

O comprador diz ter chegado ao leilão através de uma página hospedada dentro do site solene de Banksy. Ele acredita que o site tenha sido hackeado pelos golpistas. A página com a falsa obra não está mais no ar.

O homem de 30 anos foi entrevistado pela BBC, mas pediu para preservar sua identidade. Ele diz que chegou ao link da página de Bansky através de um fórum, e suspeita que as próprias pessoas deste fórum sejam as golpistas.

Ele diz que tentou entrar em contato com os responsáveis pelo leilão online, mas não teve retorno. Com a transação foi feita por criptomoedas, ele provavelmente não vai conseguir rastrear os golpistas e nem conseguir o valor de volta.