Bombeiros de Sorocaba atenderam quase 400 ocorrências de queimadas em junho

Com o tempo seco, as queimadas ficam cada vez mais frequentes. No mês passado, em Sorocaba (SP), os bombeiros atenderam quase 400 ocorrências. Com isso, a fiscalização foi reforçada em toda a região e com multa.

Entre janeiro e junho deste ano foram registrados 399 incêndios na cidade. Alem disso, o Corpo de Bombeiros passou a atender em média nove ocorrências por dia. A maioria desses incêndios ocorre em mato por justificação da estiagem.

“Além de jogar bituca de cigarro, há aquelas práticas de terreno se utilizando de queimada. Essa época do ano também, devido a festividade, soltura de balões. Tudo isso pode ocasionar um princípio de incêndio”, comenta o tenente do corpo de bombeiros Erick Andrade.

O combate vem com a fiscalização e aplicação de penalidades. Foram aplicadas 72 multas na cidade até o dia 27 de julho, totalizando quase R$ 42 mil. Em todo o ano passado, a Secretaria de Meio Ambiente aplicou 113 autuações por queimadas, que, somadas, chegaram a mais de R$ 76 mil.

O valor da punição varia de R$ 100 a mais de R$ 3 mil, dependendo da extensão atingida. Confira:
Lotes com extensão de até 125 m²: R$ 100,49
Lotes com extensão entre 125,01 e 250 m²: R$ 254,46;
Lotes com extensão entre 250,01 e 500 m²: R$ 405,19;
Lotes com extensão entre 500,01 e 1.000 m²: R$ 607,78;
Lotes com extensão entre 1.001 e 10.000 m²: R$ 1.620,75;
Lotes com extensão superior a 10.000 m²: R$ 3.241,50.

“Quando o infrator, o ocasionador do incêndio é identificado, ele é penalizado e autuado. No caso do infrator não ser localizado, o proprietário do terreno é penalizado, é responsabilidade dele. Logo, é importante que nesse período, os munícipes que tem imóvel pela cidade façam uma limpeza e remoção do entulho para evitar essa situação”, revela o secretário de meio ambiente de Sorocaba, Antônio Pietro.

Na região
Outros municípios da região também aplicam multas contra queimadas. Em Itu (SP), o valor é de R$ 2.297,70. 12 multas já foram aplicadas neste ano no município. Salto (SP) registrou até agora 57 punições, totalizando mais de R$ 39 mil.

Em Piedade (SP), o valor da multa varia de meio a 10 salários mínimos. Este mês, a Defesa Civil combateu 48 queimadas. Mas, neste ano, nenhuma penalidade foi aplicada até agora.

“Nós também temos atividade de prevenção no que consiste na parte de educação pública, na divulgação de material para conscientizar as pessoas a não colocarem foto em mato porque, além dos malefícios à saúde, podemos acabar com o meio ambiente”, finaliza o tenente do corpo de bombeiros Erick Andrade.