Bebê e criança que morreram atingidas por carro em ponto de ônibus são enterradas

O bebê de 11 meses e um menino de 8 anos que morreram atingidos por um motorista bêbado que invadiu um ponto de ônibus, em Campo Limpo Paulista (SP), foram enterrados na tarde desta sexta-feira (10).

O veículo atingiu oito pessoas na quinta-feira (9), entre elas cinco crianças, em um lugar que costuma ser usado como ponto de ônibus na Estrada da Bragantina, no bairro Estância São Paulo. O bebê e o menino foram socorridos, mas não resistiram aos ferimentos.

O bebê, Lorenzo Daniel Rocha Bezerra, foi enterrado no Cemitério Mata da Saudade, em Campo Limpo Paulista. Já o corpo do menino de oito anos, Brayan Henrique Santos Andrade, foi sepultado no Cemitério Memorial Parque da Sossego, em Jundiaí, por volta das 15h.

De concordância com a Prefeitura de Campo Limpo Paulista, uma mulher de 45 anos continua internada na noite desta sexta-feira, no Hospital de Clínicas do município. Ela teve uma fratura na perna e está aguardando transferência para passar por cirurgia.

Ainda segundo a prefeitura, outras quatro vítimas, duas mulheres e duas crianças, já receberam subida. Uma muchacho de 5 anos continua internada no Hospital Universitário, em Jundiaí (SP).
Prisão preventiva

O Tribunal de Justiça (TJ) decretou, no início da tarde desta sexta-feira, a prisão preventiva do motorista Rogério Giugni, de 39 anos. Segundo a Polícia Social, ele estava bêbado e não tinha carteira de habilitação.

A prisão em flagrante foi convertida em preventiva durante a audiência de custódia. Rogério Giugni foi transferido para o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.