Apadrinhado por Baco Exu do Blues, Dactes mixa trap e R&B no tempo suave do EP ‘Sem pressa’

Sem pressa. O título do EP que Dactes põe no mundo digital às 19h desta quinta-feira, 19 de agosto, já traduz o tempo do disco editado via 999, selo fonográfico do rapper baiano Baco Exu do Blues.

É com flow suave e beats geralmente desacelerados que Dactes se apresenta neste primeiro EP da discografia do cantor, compositor e produtor musical soteropolitano.

Com beats criados pelo próprio Dactes, também responsável pela mixagem e masterização do disco, o EP Sem pressa mixa a pegada do trap com o compasso do R&B.

Dactes atua no universo do hip hop de Salvador (BA), em cena que destaca nomes como Vírus e Young Piva e que vem sendo apadrinhada por Baco Exu do Blues no mercado fonográfico através do selo 999.

Não por casualidade, Baco e Young Piva figuram entre os convidados reunidos por Dactes entre as cinco músicas inéditas que compõem o repertório inteiramente autoral do EP Sem pressa. “Foi muito fácil trabalhar com eles, já que somos próximos na vida e na música”, enfatiza Dactes em nota sobre o lançamento do disco.

O time de convidados do EP também inclui Suiky, rapper presente na gravação da música Não deixa acabar, composta por Dactes com Suiky. Young Piva é parceiro e convidado de Dactes em Preferindo assim. Já Baco Exu do Blues aparece como coautor e intérprete convidado de Perigo. Sozinho, Dactes assina as músicas Aguenta e 24 horas.

Nas letras do EP Sem pressa, Dactes versa sobre amor e sexo, além de passar visão crua do cotidiano das ruas de Salvador (BA) sob a ótica de homens pretos nascidos e criados na periferia baiana.