Câmara decide cassar mandato do prefeito de Sorocaba, José Crespo

Após 13 horas de sessão, a Câmara dos Vereadores decidiu cassar o mandato do prefeito de Sorocaba (SP), José Crespo (DEM), investigado por uma Comissão Processante por supostas irregularidades na contratação de voluntários na prefeitura.

Para que Crespo perdesse o mandato, era necessário que pelo menos 14 dos 20 vereadores votassem a favor da cassação. Apenas quatro parlamentares foram contrários ao relatório da CP e 16 votaram “sim” pela cassação nos três quesitos.
Questionado sobre o resultado, o advogado de Crespo, Marcio Leme, disse que ainda é cedo para dizer o que será feito. “Vamos refletir tudo isso”, comentou.


A sessão desta quinta-feira foi a segunda do ano a decidir sobre o mandato de um representante do Executivo. Em junho, os vereadores votaram contra o relatório da Comissão Processante que pedia a cassação do mandato da vice-prefeita, Jaqueline Coutinho (PTB).
Veja como votou cada vereador:

Anselmo Rolim Neto (PSDB) – Sim
Cíntia de Almeida (MDB) – Não
Hélio Mauro Silva Brasileiro (MDB) – Sim
José Francisco Martinez (PSDB) – Sim
Francisco França da Silva (PT) – Sim
Fausto Salvador Peres (Podemos) – Sim
Fernanda Schlic Garcia (PSOL) – Sim
Fernando Alves Lisboa Dini (MDB) – Sim
Hudson Pessini (MDB) – Sim
Iara Bernardi (PT) – Sim
João Donizeti Silvestre (PSDB) – Sim
José Apolo da Silva (PSB) – Não
Péricles Régis Mendonça de Lima (MDB) – Sim
Irineu Donizeti de Toledo (PRB) – Não
Luis Santos Pereira Filho (Pros) – Não
Renan dos Santos (PCdoB) – Sim
Rodrigo Maganhato (DEM) – Sim
Antonio Carlos Silvano Júnior (PV) – Sim
Vitor Alexandre Rodrigues (MDB) – Sim
Wanderley Diogo de Melo (PRP) – Sim